Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios

Serviços Complementares

 

 

 

ARTIGO: Histerectomia Vaginal
 

 




Dr. Juarez Luiz Donzelini

Ginecologista

 

     As vantagens da Histerectomia Vaginal sobre a Abdominal são muitas, entre as quais:

     - Menor duração da cirurgia e anestesia: realizada pelas vias naturais, a cirurgia elimina a necessidade de abertura e fechamento da parede abdominal, vantagem esta que se torna mais evidente em pacientes obesas. A maior rapidez no ato operatório e também de anestesia utilizando doses menores de drogas anestésicas.

     - Pós operatório menos doloroso: na Cirurgia Vaginal por não abrir o abdômen a retenção de gases é menor e conseqüentemente a retomada do trânsito intestinal é mais rápida.

     - Menor tempo de internação: permite que as pacientes recebam alta com 24 a 48 horas após a cirurgia, diminuindo o risco de infecção hospitalar.

     - Retorno mais rápido às atividades normais: a recuperação mais rápida é uma vantagem bastante evidente resultante da menor agressão cirúrgica que a histerectomia causa, as pacientes retornam às atividades físicas e de trabalho mais rapidamente gerando benefícios a nível social.

     - Ausência de cicatriz abdominal: além de proporcionar um benefício estético também evita complicações infecciosas de parede e hérnias que a cirurgia abdominal pode causar.

     A Cirurgia vaginal não pode ser realizada em todas as pacientes devendo haver um critério de avaliação, como mobilidade uterina, tamanho do útero, amplitude da vagina, arquitetura óssea da pelve e outros. A Ultrassonografia Pélvica e Endovaginal tem um papel importante na avaliação pré-operatória das candidatas à histerectomia vaginal, pois permite uma avaliação mais detalhada da pélvis, presença de miomas e possíveis tumores ovarianos. 

     Por fim, a paciente deve receber uma explicação detalhada da cirurgia e no caso de dificuldades intra-operatória saber da possibilidade da conversão para a via abdominal.